Placeholder Picture

Pequenos frutos e frutos exóticos

Placeholder Picture

Produção comercial de pequenos frutos

A produção de pequenos frutos tem sido uma das áreas que tem despertado grande interesse por ter uma boa procura nos mercados europeus em particular no período fora de época.

Nos últimos anos surgiram novas variedades mais adaptadas às nossas condições climáticas, que têm permitido o alargamento das zonas de plantação que já são possíveis em muitas zonas do país - e tão ou mais importante a produção em períodos fora de época nos países do centro e norte da Europa, principais importadores da nossa produção.

Morango

Produzido em modo solo, substrato ou hidroponia (em algumas técnicas é possível ter 200.000 plantas por hectare) o morango continua a ser uma boa aposta com variedades que permitem produzir durante praticamente todo o ano, beneficiando de preços elevados de produção fora de época tanto para venda em Portugal como para exportação.

Placeholder Picture

Mirtilo

Pequeno fruto muito procurado na Europa pelas propriedades antioxidantes que lhe são atribuídas; as novas cultivares permitem a produção de mirtilos em todo o País, mesmo em regiões com poucas horas de frio.

Placeholder Picture

Framboesa, Amora, Groselha

Pequenos frutos cuja produção em Portugal está numa fase de forte expansão (o volume de exportação de framboesa portuguesa ultrapassou já o da pêra, por exemplo), sobre estes frutos continua a haver intensa atividade de pesquisa para encontrar variedades mais produtivas e diferenciadas.

As zonas de maior produção são o Alentejo e o Algarve e plantações acima de 2 hectares já começam a ser económicamente interessantes.

Placeholder Picture

Produção de frutos exóticos

Physalis

Pequeno fruto exótico de sabor requintado comestível em fresco e utilizado com elemnto aromático em saladas ou em doces e bolos, a physalis é uma planta rústica que se desenvolve bem em regiões quentes mas que tolera bem o frio, adaptando-se bem à produção em ar livre em Portugal.

A sua produção tem despertado o interesse de novos produtores agrícolas em Portugal, havendo já produtores interessados na produção em túneis.

Atualmente a procura de Physalis em Portugal é superior à oferta e em condições apropriadas a produção de physalis é uma alternativa a considerar para novos agricultores que disponham de áreas pequenas.

Placeholder Picture

Figo da Índia

O “figo da índia” é consumido como um produto exótico em fresco ou transformado (compotas, sumos), mas a planta (Opuntia Ficus Indica) é usada desde há muito tempo na alimentação humana (nopalitos) e como forragem para os animais.

Atualmente a utilização comercial da Opuntia Ficus Indica para além de uma gama de utilizações incorporada em produtos de alimentação estende-se também a aplicações farmacêuticas e cosméticas.

Originária do México, a Opuntia foi trazida para a Europa pelos conquistadores espanhóis; a Itália é atualmente um dos países onde a exploração comercial deste cacto está mais desenvolvida.

Em Portugal há regiões com boas condições para a produção deste cacto e pelo potencial que estes produtos apresentam e apesar de algumas dificuldades com o manuseamento da planta e fruto devido aos espinhos tem-se verificado um interesse crescente pela produção comercial desta planta.

Placeholder Picture

Pistacio

A planta é uma árvore semelhante à amendoeira, rústica e resistente tanto ao frio como ao calor. Em Portugal há boas condições de produção no Alentejo e no Interior Norte.

Tem tido interesse crescente por parte dos agricultores em Portugal por ser bastante valorizado tanto em fresco (é utilizado na alta cozinha) como em seco, que corresponde a mais de 90% do consumo.

Maracujá

O maracujá roxo nasce de uma planta trepadora e a sua produção tem vindo a crescer na zona centro do País.

Com duas a três colheitas por ano em produção em solo ao ar livre, bastante procura na Europa, um investimento controlado e preços ao produtor estáveis e interessantes, o maracujá pode ser uma boa alternativa se a localização e terrenos apresentarem as condições adequadas.

Placeholder Picture


Informações

Para mais informações contacte-nos fazendo uma breve descrição do seu projeto através do formulário ou de um dos contactos indicados abaixo.


Escritórios e Contactos

Novectares - Projetos Agrícolas

Projetos Agrícola: Avaliação do potencial produtivo (estudo prévio), planos de produção, estudo económicos e candidaturas a incentivos ao investimento(PDR 2020), apoio técnico à exploração.

Escritórios

Lisboa: Rua da Junqueira nº 39, Edifício Rosa Piso 1, Sala 5
Porto: Rua Santos Pousada nº 441, Piso 2, Sala 208
Aveiro: Rua Carlos Aleluia nº4, Aveiro Centrum, Loja 3

Contactos

Telefone: 21 362 0356, 21 362 0022, 21 362 0372
e-mail: info@novectares.pt
facebook: facebook/novectares